Vista panorâmica da cidade de Québec

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

As entrevistas começaram

 A 2ª rodada de entrevistas já começou e muitos já receberam o seu tão esperado CSQ.

Faço parte de um grupo no yahoo chamado "Québec no Parque", e lá há vários relatos de entrevistas, inclusive uma delas um rapaz não passou na entrevista, algo inédito pra mim.

Segundo ele, não atingiu a pontuação necessária (49 - 53), solteiro, sem filhos, sem parentes no Québec, profissão Telecomunicações.

Gostaria de mostrar alguns relatos das últimas entrevistas. Parabéns a todos que conseguiram o CSQ e muita paciência na etapa Federal. Para aquele que não passou, não desista se é o que você realmente deseja.


"A entrevistadora é Isabelle Augustin, muito simpática, jovem, tranquila, sorridente e não deixa vc ficar com medo ou nervoso.

Ela também repete mais de uma vez, caso vc não consiga entender na primeira vez.
Se estiver nervoso e vê que vai falar alguma coisa errado, para um pouco, respira, e fala calmamente, pois ela entende perfeitamente que ficamos nervosos.

Uma coisa importante: ela perguntou se caso não encontrasse emprego em nossa àrea de formação, teríamos problema em trabalhar em outra coisa? Se for outro tipo de trabalho, ela quer ver as propostas de emprego e se estes empregos são próximos ao lugar que vc vai morar.

Mais uma coisa: ela quer saber o que vc sabe de curiosidade sobre a ville du Qébec como um todo, pode ser qualquer informação. Desde que tenha relação com a imigração, economia, moradia etc...
Ela também perguntou sobre cartão de saúde ( aquele seguro saúde válido por três meses lembram);  Se nós temos conhecimento disso e como devemos proceder com ele.
Ela perguntou onde e como fiquei sabendo do programa de imigração. Quem tiver algum recorte de jornal, é bom levar para mostrar a ela.

Com relação a documentos, ela pediu os diplomas, passaporte e referências das minhas experiências de trabalho e contra-cheque do meu emprego atual.

A entrevista foi muito tranquila, esqueci algunas palavras e ela entendeu meu nervosismo.
Turma, esse foi meu relato, porém possa ser que seja diferente para os demais. Ou seja, cada caso é um caso. ok! Mas de qualquer forma espero que meu relato possa ajudá-los."
Thaísa

__________________________________________________________________________________

A *entrevistadora é perfeita*, ela não me perguntou nada de especifico, até pq eu comercei a falar e já abordei varios temas, ela deve gostar de saber se vc entende muito da cidade onde irá morar, acho que um ponto importante pra mim não foi em escolher uma cidade que a maioria escolhe e sim uma pequena *ville: Sherbrooke*, nada de decorar e pensar que ela vai perguntar uma coisa em especifico, ela fala devagar e muito claro, no meu caso não houve a necessidade de repetir nenhuma pergunta, na verdade eu percebi que quem ditou o rumo da entrevista foi eu, para quem não fez: MUITA Tranquilidade, NÃO PRECISA ESTAR AFIADO NO FRANCÊS, mas tente ser claro e objetivo nas respostas, nada de inventar palavras difíceis. Comparando com a entrevista de Thaísa, ela não me perguntou o que eu faria se não encontrasse emprego na minha área, pq como sou da área de TI, todos sabem que há empregos de sobra.
torço por todos vcs.. um beijão no coração." 
Anderson

__________________________________________________________________________________
Gente,
Uma coisa importante. Cuidado ao dizer que "não precisa estar afiado no francês". Cada um tem um perfil diferente e ganha mais ou menos pontos em quesitos diferntes. Então o nível de francês exigido depende do perfil do candidato/casal. O importante é dar uma olhada na tabela de pontos pra saber mais ou menos qual nível de francês cada um precisa ter para a entrevista, pois alguns passam só com nível básico enquanto outros precisam do avançado.
Heloísa
_____________________________________________________________________________

"...eu recomendo ficarem tranquilos, pois a avaliadora apesar de séria, deixa vc bem a vontade. As perguntas são as mesmas que acredito que todo mundo já vem estudando: porquoi le québec? Fale sobre seu emprego atual. Qual sua formação? Como vc ficou sabendo do processo? etc

Uma dica: levem todos os comprovantes direitinho pq ela pede pra ver tudo. Se tiverem pesquisas sobre emprego, aluguel, qualquer informação util sobre quando vocês chegarem lá será bem recebido."
Dyego



3 comentários:

Igor (Projeto Canada 2012) disse...

Muito bom o post!
Sabia que que esse que não passou era solteiro quando vc me falou ontem.
Eles não gostam de aprovar pessoas solteiras e sem contatos em quebec já que p ele seria bem mais difícil enfrentar essa "barra" sozinho.

Diário Canada Brasil disse...

Será que foi só por isso? Não acho não. Como ele mesmo falou foi um conjunto de coisas, mas sem dúvida melhor é serem dois do que um.rsrsrs

Paola Tavares Silva Wortman disse...

vc sempre escreve posts interessantes! obrigada.

Postar um comentário

Alguns comentários serão respondidos por e-mail.


Linda Québec! E o Hotel Château Frontenac