Vista panorâmica da cidade de Québec

sábado, 23 de outubro de 2010

16 verdades sobre imigração


"Depois de um ano de Canada as dicas que posso dar para quem esta vindo sao as seguintes:

1 - Vc fala 50% menos ingles do que vc pensa, quando vc chega aqui vc acha engracado que vc dizia que sabia ingles quando estava no Brasil. Obvio que cada um de vcs que vai ler isso vai pensar "não mas o MEU ingles e' realmente bom..." hehehe e a historia se repete...

2 - Ingles bom e' MUITO importante para um emprego legal.

3 - Comece pequeno, nao chegue achando que tudo vai dar certinho como vc imaginava, NADA vai acontecer da maneira que vc imagina. Entao só comece a gastar depois que comecar a ganhar, porque comecar a ganhar vai ser mais dificil que vc imaginava.

4 - Quando escolher moradia, pense bem no custo/beneficio, opções de transporte e nao no mais bonitinho.  O bonitinho vc so tem direito depois que tiver estabilizado e isso vai demorar (um ano aqui e nao me considero estabilizado ainda).

5 - CUIDADO com alguns gastos, sair para tomar uma cervejinha com um amigo nao custa mais 10 reais, pode sair 50 dolares pra cada e caso vc goste desse tipo de programa vc no final do mes vai ficar pensando "onde sera que eu gastei tanto ?".

6 - Cuidado nos negócios, não é porque você esta no primeiro mundo que todo mundo e' honestinho. Sem um pingo de preconceito tente fazer negocio com CANADENSES, imigrantes principalmente asiáticos são muito espertinhos, Canadense MESMO geralmente e' bem correto.

7 - Homestay e' uma opção barata, mas conheço gente que teve péssimas experiências, e' meio que loteria... se optar por homestay tenha certeza de ser casa de canadense e não imigrantes. Conheço gente onde o dono da casa regulava ate o tempo do banho.

8 - O visto e' a coisa mais ridícula de se conseguir comparado a conseguir um emprego aqui na área que vc exerce, sem Canadian experience e' muito difícil, sem canadian experience e sem inglês fica MUITO difícil. Mas nao desanimem, quando mais dificil mais gostoso e' o sabor da vitoria :) Determinação é tudo !

9 - Deixe de lado os preconceitos de brasileiro, Garage sale e' um ótimo lugar pra comprar coisas pra quem esta chegando e não tem emprego ainda, salvation army tbm. Salário mínimo e' de 7.50 a hora então qualquer emprego da pra viver dignamente sendo assim não tem mal nenhum em entregar umas pizzas ate ficar com o inglês bom.

10 - O inverno não e' tão mal assim e tem snowboard :) Traduzo uma frase de um programa humorístico canadense: "O melhor do inverno é poder viajar para o sul (= Miami) no meio dele". Diz tudo.
 
11- Cuidado com seus atos e posturas mal ou bem morando fora você representa o seu pais, se você for desonesto as pessoas em sua volta vão dizer que BRASILEIRO e' desonesto. E' uma responsabilidade, afinal e' muito legal ver que todo mundo abre um sorriso quando você diz que e' do Brasil, Brasileiro tem a fama de povo alegre, simpático, gente fina. Cabe a cada um de nos manter essa fama, asiático tem fama de desonesto, índio tem fama de ladrão, Brasileiro tem fama de gente fina, Canadense tem fama de ser "by the book", paquistanês tem fama de ser bom comerciante, mexicano tem fama de ser gente boa tbm. Alias mexicano é muito parecido com brasileiro.

12 - Evite dividir casa/ apartamento more em um basement mas tenha o SEU espaço, nos brasileiros não temos essa cultura de dividir nada, queremos tudo do nosso jeito e morar junto e' MUITO mais complicado que parece, tem que ter o mesmo estilo de vida, a mesma condição financeira, o mesmo nível de higiene... é muito complicado, tem tudo para não dar certo. Com amigos então e' uma maneira bem eficiente para acabar com uma amizade, fiz isso por um tempo e o único bom realmente é a grana, mas hoje em dia pago FELIZ 3x mais para morar sozinho e ter o meu espaço. E' uma experiência valida, mas quando sentir que não esta dando certo pule fora antes de estragar uma amizade ou começar a discutir a tampa da pasta de dente na pia do banheiro.

13 - Você só vai começar a curtir morar fora depois que tiver empregado, porque "curtir" e' CARO, só' no Brasil que se toma porre com 10 dólares, aqui você não toma nem duas latinhas com 10 dólares. TUDO se paga e caro, mas não fique só no "trabalho, trabalho".

14 - Se prepare para a guerra psicológica que você vai enfrentar todo dia aqui. Todo dia você vai se lembrar do Brasil, você nunca vai virar um canadense, você e' brasileiro, ta no sangue e você vai lembrar-se do Brasil TODO DIA !!! Não se iluda achando que com o tempo você vai se esquecer e vai formar sua vida aqui. Eu tenho só um ano de Canadá mas conheço Brasileiros com mais de 5 anos e todos tem o Brasil na cabeça também. Somos mulher de malandro, sofremos mas gostamos do Brasil :)

15 - Carro e' barato, mas a manutenção e' um ABSURDO de caro, cuidado ao comprar um carro usado, se você tem 10.000 pra gastar em carro compre um de 7.000, vai por mim... Este é um país de Primeiro Mundo, daí as profissões liberais são bem remuneradas. Vale mais a pena trocar de carro de tanto em tantos anos do que colocá-lo para consertar. Na verdade,
a maioria aqui não compra, faz "leasing", que é mais em conta.

16- Você vai
empobrecer no Canadá, eu, por exemplo, sou um sênior system administrator. No Brasil eu ganhava mais que 70% da população, ganhava 10x mais que um modesta de ônibus, 10x mais que um garçom. Aqui eu não ganho nem 2x mais que um motorista de ônibus ou um garçom ganho a mesma coisa que 60% da população. Engraçado esses cálculos :) (valores todos mais ou menos chutados).
Algumas escolas levam as crianças para limpar as ruas, catar lixo do chão, limpar caixas de correios, isso cria uma cultura na criança de cuidar da comunidade, de fazer parte da comunicada de. Fico imaginando a reação das mães no Brasil caso alguma escola adotasse essa postura : "o MEU filho catando lixo do chão, jamais, que horror...". Brasileiro tem desculpa pra tudo, só' tem santo no Brasil, a gente rouba do governo porque o governo rouba da gente, ninguém quer pagar nada mas todo mundo quer ter tudo funcionando bonito.

Anyways, pra finalizar, quero deixar claro que fui muito realista nesse email, não e' para desestimular e sim pra preparar. Canadá não e' o lugar mágico onde tudo vai ser fácil, mas mesmo assim vale MUITO a pena. Se me oferecerem o que eu ganho aqui para trabalhar no Rio de novo eu não vou, recuso amarradão, salário não e' o único tópico pra qualidade de vida.

E venham logo, pois, cada vez vai ser mais difícil imigrar, hoje em dia morar no outro lado do mundo e' fácil, com internet e meios de comunicação barato e' fácil manter contato então cada vez mais terão candidatos e cada vez mais os países irão filtrar mais e exigir mais dos candidatos."

OBS: Só pra lembrar, é apenas um relato de experiência vivenciada por alguém, e que eu encontrei no blog acima citado. Não generalize as experiências.

9 comentários:

Drinho e Nessa disse...

Valeu bro! Obrigado pela visita ao nosso blog!!!

Mariane, Richard e Ricardo disse...

olá! Este post é bem realista mesmo, concordo em gênero, número e grau com todas as considerações! Sobre o comentário de vcs. lá no nosso blog, podem vir sem medo ter o filho aqui,além de que as coisas para bbs são beeem mais baratas aqui do que no Brasil!!abraços, mari

Paola Tavares Silva Wortman disse...

oi! obrigada pela visita no blog!
sobre o intem 14 - a guerra psicologica. eu moro fora do brasil ha 15.5 anos e nao penso no brasil todo dia ... eu penso nele acho que a cada 10 minutos :) e cheguei aqui com 18 aninhos ... ate a universidade eu estudei aqui, mas como vc disse, nao adianta, ta no sangue, vai com a gente. e eu dou gracas a deus por ser assim. tenho muito orgulho de ser brasileira e faco a maior lavagem cerebral nas inhas filhas para pensarem e sentirem o mesmo ... um dia saberemos se funcionou.
beijos!!

Luciana e Marcelo disse...

Oi gente !!

Obrigado pela visita no nosso blog ! Sim as fotos são nossas :-)

Estamos aguardando para ver o que o CIC vai fazer com a gente porque as profissões de TI e professora (LU) ainda estão fora das necessidades.
Neste caso vamos fazer um intensivão de francês para quem sabe entrar por Quebec.

Um abraço nosso !
Luciana e Marcelo

Filipe Moreira disse...

Essas dicas já catologuei! Rs..

E o que me dizem a respeito do primeiro ano de francês? O saldo tem sido positivo? Vocês tem feito aulas particulares e curso regular na Aliança?

Sou muito pessimista as vezes, e realmente não sei se sou capaz de aprender a língua, mas continuo tentando até o fim!

Vamos juntos, pois nosso lugar na terrinha está guardado! rs..

Diário Canada Brasil disse...

Felipe,

Fazemos aulas particulares desde do início com um professor da Alinaça francesa aqui em recife. Ele é canadense, o que nos ajuda muito.

Confesso que foi mais dificil nos primeiros 4 ou 5 meses, depois vc acostuma os ouvidos.

Tínhamos antipatia pelo idioma e hj passou, meu marido tinha muito mais, dizia q era lingua de "bicha", rsrsrsrs, que preconceito!

Mas hj ele fala e entende melhor do que eu. Ainda bem, ele é o requerente.

AS vezes sentimos muita anciedade quando não conseguimos aprender rápido ou não entender determinado assunto.

Acho que o saldo tem sido positivo, estamos aprendendo agora por osmose, uma fase melhor, de tanto ouvir e ler em francês.

Essa insegurança ou pessimismo acontece mesmo, mas é sempre no início depois passa, pode crêr.

E vamos juntos nessa!

Patinha disse...

Oiii,obrigada pela visita no meu blog! olha, dessa lista tiro muitas verdades,mas tem alguns pontos que classificaria como ''um pouco pessimistas'' mas no geral,tá valendo!
Com 2 anos aqui a gente tem uma visão interessante sobre todo esse processo,mas me atreverei a escrever uma lista dessas após os 3 anos,hehe.. até lá,nada sei, apenas penso que sei!!

Bjs,
Patinha.

Nossa Terra Prometida disse...

Achei bem legal a lista de conselhos. Bem realistas! Acho que no início todo mundo vai muito iludido, mas aos poucos vamos aprendendo a colocar os pés no chão.
O nosso professor nos deu um texto muito legal de uma francesa que imigrou para Toronto. As dicas dela são sobre o mercado de trabalho, e muito valiosas!
O endereço é este aqui:
http://forum.pvtistes.net/vos-impressions/43505-ce-quon-ne-vous-dit-pas-assez-travail-au-canada.html

Até mais!

Leo e Lara Zegur disse...

Nossa adorei essa postagem, as 16 verdades sobre imigração é muito bacana, esclarece muita coisa mesmo. Inclusive pelo motivo 16 que fala que a desigualdade social é menor no Canadá. Só não gostei das expressões em inglês, pra quem não é fluente ficou um pouco pesado!

Postar um comentário

Alguns comentários serão respondidos por e-mail.


Linda Québec! E o Hotel Château Frontenac