Vista panorâmica da cidade de Québec

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Projetando 2016 - tempo de plantar

Pela miserilove!

Faz tempo que não escrevo no meu querido Diário, sem falar que ao abrir hoje a caixa de comentários não publicados, encontrei vários e-mails, mas já adianto que eu respondi a todos no próprio post, aqui mesmo no blog.

Então começo desejando um feliz 2016 para todos, kkkkkkkk
Aaaah vai ainda posso desejar feliz ano novo, afinal o carnaval está no fim e o ano começa agora no Brasil, rsrsrsrs.

Para os que ainda não desistiram de ler o nosso Diário, trago boas novas.

Comecei a trabalhar numa escola pública de ensino primário aqui pertinho na Île de Soeurs.
EXATAMENTE como desejei e planejei no Brasil.

Estou trabalhando como service de garde no terceiro ano do primário e já faço parte de uma Commission Scolaire no Québec.

O resultado da minha equivalência de diploma já chegou, o que me possibilita começar a trabalhar como Educatrice em tempo pleno, já que como Service de garde eu trabalho somente algumas horas por dia.

No entanto, trabalhar somente algumas horas por dia foi ótimo por diversos motivos, primeiro porque estou entrando devagarinho na escola, conhecendo como funciona, observando tuuuuuuuudo e todos; as salas de aula, os professores, a dinâmica da escola e suas regras, e o mais importante aperfeiçoando o meu francês e hoje eu reconheço que se tivesse começado logo como Educatrice teria sofrido um pouco mais pra entender como tudo funciona.

O segundo bom motivo, é que posso estudar, isso mesmo.
Me inscrevi na UQAM como estudante livre no curso de Pedagogia (Petite enfance) e estou cursando cinco cadeiras maravilhosas, que só tem somado ao meu conhecimento e experiência.

O curso equivale a um certificado, mas me inscrevi somente para a saison de inverno, e só depois decidirei se continuo estudando ou se entro de vez como Educatrice. Esta ainda é uma dúvida que só pretendo tirar próximo ao fim do curso, por enquanto cada dia um degrau.

Ainda desejo ensinar Artes e pra isso precisarei fazer uma prova que é muito difícil. Isso exigirá tempo e dinheiro por isso escolhi ir devagar, dando tempo ao tempo e aprendendo no meio do caminho, afinal tudo isso tem sido válido pra mim.

Se é fácil trabalhar e estudar ao mesmo tempo? De jeito nenhum, é coisa de doooooooido.

Imagine só que com menos de um ano de chegado você termina seu curso de francisação e cai direto dentro de uma escola, onde os pirralhas falam francês e daquele jeito que só com bastante esforço pra entender, e ao mesmo tempo começa também numa universidade, em uma sala cheia de nativos quebecois, num curso regular, onde exigirão de você provas, trabalhos, apresentações de projetos e etc....e tudo isso numa correria e com tempo limitado.

Eu saio de manha e chego somente as 10h da noite com uma fome do cão e com a mente em curto circuito. Já nem consigo falar direito em português com meu marido, Rá!

Meu maridinho já está no último nível do curso de francisação e morro de orgulho do francês dele, mas depois de algumas entrevistas de emprego e cursos de integração pelo emploi, ele escolheu estudar para se atualizar na área, então em março ele também começará um curso que lhe trará uma qualificação específica na área de TI.

Sei que este é o tempo de plantar e preparar a terra para a colheita.
Não é uma tarefa fácil e requer muito esforço físico e mental, para os que tem fé, é o momento certo para exercitá-la. Tem momentos que paramos um pouco pra refletir e sabemos que estamos no caminho certo, mesmo cansados e por vezes duvidosos.






Em suma, se é que dá pra resumir tudo o que estamos vivendo por aqui, é isso, estamos bem, firmes em nossos propósitos e esperançosos com o futuro. A ansiedade sempre bate na nossa porta, mas Deus tem nos sustentado e foi a Ele que confiamos as nossas vidas, afinal há tempo para todas as coisas não é?

Prometo que em breve, muito em breve escreverei de novo.
Até a próxima.

9 comentários:

Doug Ramsey disse...

AAAÊÊÊÊÊ, parabéns!! (embora eu já soubesse, mas fica registrado no blogue hehehe) Com certeza o trabalho vai trazer, além do alívio de estar empregada, uma contribuição inestimável em termos de integração. E, aliado ao curso na UQAM, seu francês vai estar tinindo em pouco tempo!! Parabéns também pela coragem de enfrentar essa rotina que não é mole de jeito nenhum!

Torcendo aqui, como sempre!
Abraço!
Doug

Diário Canadá Brasil disse...

Doug,
Hahahahaaha, a gente se vê por aqui!

Daniele Braz disse...

Olá. Adorei teu blog. Sou pedagoga e estou me preparando para mudar para o Canadá, especificamente para Quebec/Montreal. Depois de muito procurar, ler e ficar cada vez mais confusa sobre como dar aula em Quebec eis que encontro teu blog e consigo entender um pouco mais sobre esse processo. Mas ainda sim tenho dúvidas.

O que você fez para conseguir dar aula ai?
Precisou tirar uma licença?

Agradeço desde já.
Sorte ai.

Abraço

Diário Canadá Brasil disse...

Olá Danielle,
Como vc é pedagoga, aqui vc será educatrice, e sim vc precisará primeiro fazer uma equivalencia de diploma e dps uma prova de francês se quiser trabalhar em CPE (centre de petite enfance) garderie pública, mas se deseja trabalhar como educatrice em escolas privadas, basta a sua equivalencia de diploma e provar q tem idioma (francês/ingles).

Restaurada disse...

Preciso muito do seu email para tirar umas duvidas. O meu é fabricia.nvieira@gmail.com

Monique Rabello disse...

Parabéns!!

Fico muito feliz por suas conquistas...as vezes parece que estou me realizando em você..kkk!
Quem sabe um dia eu chego aí?!
Felicidades e não deixe de escrever.😍😜😘

Gabriella Silva disse...

Olá, estou pesquisando mais sobre morar no Canadá, e gostaria de saber se o diploma como professora aqui do Brasil(pedagogia) vale aí no Canadá?
Atenciosamente,
Gabriella Bezerra

Diário Canadá Brasil disse...

Claro que vale Gabriella,
Estou trabalhando e o meu diploma como pedagoga pela UFPE além de minha especialização tem servido como ouro p mim,além da minha experiencia. aqui o tempo de experiência é bastante valorizado.
Entao chegando aqui é so fazer uma equivalencia comparativa de diploma e pronto.

RP SERVIÇOS DE ELÉTRICA RESIDENCIAL disse...

Olá!! Me tira uma dúvida vc escolheu Quebec? Eu termino minha graduação em Pedagogia em Dezembro e sonho em morar no Canadá...queria saber se sua escolha foi por uma questão de facilidade de atuar nesta área. Eu gostaria de morar em Vancouver. Outra coisa, vc foi com que tipo de visto? Obrigada e boa sorte! Juliane

Postar um comentário

Alguns comentários serão respondidos por e-mail.


Linda Québec! E o Hotel Château Frontenac