Vista panorâmica da cidade de Québec

terça-feira, 24 de maio de 2011

"O tempo não pára"

New York, Foto de Jamie Beck

Meu querido Blog Diário, 

Ah, se eu pudesse parar o tempo (...)
O corre-corre da vida, traz consigo tanta ansiedade.

Trabalho, família, faculdade, monografia, francês, dinheiro, mudança, reforma, e mais trabalho...

Falta tempo pro cinema, pra uma boa pipoca, pra namorar, jogar conversa fora, caminhar no calçadão, tomar uma água de coco, visitar parentes, ir ao médico...

O patrão nunca está satisfeito, o marido também não, o professor na faculdade cobra e o professor de francês também, o pedreiro reclama que o material  acabou e as caixas tomam conta da casa, bagunça total.

Filmes legais estão saindo de cartaz, a pipoca está muchando, o beijo não é mais o mesmo, a boca cala, o tênis novo aguarda, o coco ainda espera e os parentes também, o médico não espera mais.

Tempo, tempo, tempo...
Ah, se eu pudesse parar o tempo (...)

12 comentários:

Brazucanadian disse...

Nossa, me vi nesse teu texto... mas fica firme que vai dar tudo certo...

Novos filmes entrarão em cartaz, a monografia será nota 10, a faculdade será uma lembrança de todo um planejamento, a reforma vai ficar perfeita, mas jamais tão linda e marcante quanto o primeiro cantinho no Canadá, pipoca fresquinha virá, beijos inesquecíveis virão... o marido cada vez mais apaixonado e orgulhoso de ver a mulher guerreira que tem e no final... bem no final disso tudo, O AMOR FAZ A DIFERENÇA!

Sorte e sucesso, to na torcida...

Apoema disse...

Isso é um problema!!O tempo não tem gaiola, não tem claustro, nem rede que possa contê-lo.
Há pouco tempo atrás tentei falar sobre isso num post sobre "O menino maluquinho", mas o texto foi escorrendo por outros caminhos e acho que o foco acabou sendo outro. Pq eu amo o livro e a tentativa vão do moleque em controlar o relógio.
O tempo passa e passa rápido, ele voa!

Diário Canadá Brasil disse...

Puxa! Valeu meus amigos do diário (...)
Chorei ...

Brazucanadian disse...

Eu torço por vcs, de verdade... acompanho sempre...

Filipe Moreira disse...

Eu costumo dizer que aprendemos MUITO com tudo que passamos para imigrar. Este processo, não é tão difícil pra todos, mas para gente e pra vocês, tenho certeza que está sendo, e normalmente é mesmo.

Hoje tenho mantido-me firme, mesmo quando simplesmente não posso mais, estou ali, de pé. Estamos simplesmente fazendo nossos esforços valer à pena. Pedir paciência talvez seja demais, mas tudo vem quando buscamos.

Torcida não faltará! :)

Sucesso para todos nós!

SonhoComCanada disse...

boa sorte ! não desistam jamais, um dia esse sonho será real !
parabens pelo 1 ano de blog.

abraços;
Catherine
http://meetyoutherecanada.blogspot.com/

Filipe Moreira disse...

Somos de certa forma malucos mesmo. Mas é uma maluquice medida. rs..

Iremos viajar em Dezembro somente, e o consulado indicou que entrássemos com o pedido dos vistos lá pra agosto, pois se eles fossem concedidos agora e tivessem 6 meses de validade, teríamos que tirar outro antes de dezembro. Estamos pensando em ser bem sinceros mesmo, informando que estamos nos preparando para emigrar, e que gostaríamos de visitar o lugar que pretendemos nos instalar no futuro, caso consigamos aprovação para visto de residente permanente. Será uma boa idéia?

Por falar nisso, o que houve para que negassem o visto de vocês?

Abraços!

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Um dia de 48 horas ia bem de vez em quando mesmo. E parabéns pelo aniversário do blog.

E a vida segue...

Doug Ramsey disse...

Olá! Tudo bem? Encontrei seu blog há um tempinho e venho lendo tudo. Agora que "te alcancei", serei um fiel seguidor hehehe. Adicionei seu blog à minha lista, ok?

Sucesso!
Doug

http://jornadaparaonorte.blogspot.com

Ju Asano disse...

O melhor de tudo isso é dizer: Isso um dia vai passar, esse vazio, essa sensação de angústia...VAI EMBORA!

Um Xero e estamos todos juntos nessa!

Anônimo disse...

Estou desenvolvendo meu TCC (trabalho de conclusão de curso) sobre a língua francesa e a oportunidade de imigrar para o Quebec e trabalhar aí.
Algumas informações são difíceis encontrar em sites e livros, pois são aquelas que só quem já passou pelo processo de imigração é capaz de contar.
Por isso, eu estou aqui, pedindo uma contribuição com suas experiências.. Tenho um questionário de apenas 11 questões, sendo que a maior parte delas é só escolher uma opção de resposta e gostaria de saber se poderia me ajudar com a pesquisa, respondendo a esse questionário.
Sou estudante do curso de Automação de Escritórios e Secretariado, da Fatec SP.
Meu e-mail é: vivikiyan@gmail.com.
Obrigada!

Larissa disse...

Mas mesmo em meio ao caos há beleza!
Acredite, até esse tempo com tanta falta tempo, deixará saudade!!!
Beijos!

Postar um comentário

Alguns comentários serão respondidos por e-mail.


Linda Québec! E o Hotel Château Frontenac