Vista panorâmica da cidade de Québec

segunda-feira, 28 de março de 2011

Qualidade, padrão, estilo e custo de vida...que diferença faz?

Sou eu mesma pulando no caminho do Lago negro em Gramado - RS

Durante um encontro com meus amigos do 'QP', surgiu o famoso e polêmico assunto: "Diferenças entre qualidade e padrão de vida".
Tomando como base o referencial de qualidade e padrão de vida, muitas pessoas formulam suas respostas para a hora da entrevista como justificativa para deixarem o país, pois bem, mas o que realmente faz a diferença no conceito e exemplos entre elas.

Pesquisei o conceito de cada uma, que por sinal estão super na moda e bastante utilizadas em todo tipo de mídia, e acho que finalmente ficou claro pra mim o significado de cada uma.


Estilo de vida

Estilo de vida tem a ver com o seu jeito de expressar e de enxergar a vida. Está muito ligado a sua personalidade e a forma de se expressar. A maneira de vestir-se, alimentar-se, os esportes que pratica, hábitos, linguagem, enfim, o conjunto de todas as coisas que você faz - seja por opção ou por necessidade. 
O estilo de vida é amplamente influenciado pelas escolhas pessoais e, por isso, temos controle sobre ele.

Padrão de vida

Padrão está ligado a um modelo. São valores, métodos, resultados ou comportamentos que servem como base de comparação. 
O conceito de padrão de vida é usado para se comparar grupos de pessoas ou países, tomando-se como critérios coisas consideradas necessárias para o bem-estar social (por exemplo: mortalidade infantil, escolaridade, acesso ao lazer, posse de eletrodomésticos, etc).

O padrão de vida pode ser modificado mas é uma ação que geralmente vem de cima para baixo, como governantes, líderes, etc.). O que ocorre na maioria das vezes é que temos quase o mesmo padrão de vida da maioria dos nossos amigos e familiares próximos. Porém, tem um estilo de vida diferente de cada um deles.

Custo de vida

O custo de vida se refere ao preço dos produtos e serviços que uma pessoa costuma utilizar. Também é um conceito usado para comparar cidades, países, etc. Exemplo; se você costuma almoçar fora ou em casa (estilo), ou ainda, se paga um plano de saúde ou recorre ao SUS (padrão), o custo de vida será diretamente afetado.
O custo de vida pode ser controlado através de mudanças no estilo e/ou no padrão de vida. Isso porque está diretamente relacionado as condições e educação financeira.

Qualidade de vida

Qualidade de vida pode ser considerada como o resultado final da mútua influência dos três anteriores. Assim, fumar ou não (estilo de vida), ter acesso imediato a um médico particular ou precisar esperar na fila do SUS (padrão de vida) e gastar 20% ou 80% da renda mensal para manter-se (custo de vida) são coisas que vão, no final das contas, determinar sua qualidade de vida.


E o Canadá com isso?

Bem, se eu me colocar em cada conceito deste diria que o nosso estilo de vida hoje, (se comparado com a moda) seria um brega-retrô, isso porque apesar de sabermos o que é o ideal como alimentação, não o fazemos plenamente, porque só comemos depressa para corrermos para o trabalho, faculdade, curso e muitas vezes vai uma coxinha mesmo. 

Sabemos que devemos praticar esportes, mas em que horário???? na madruga??? E corrermos o risco de sermos assaltados???? Genteeeeee, moramos bem em frente a praia, agora pergunta se caminhamos no calçadão ou descemos para tomarmos água de côco??? 

No Canadá, no que diz respeito ao estilo de vida desejamos mais tempo, tempo pra andar nos parques, tempo pra conversar sem interrupções, tempo pra comer, tempo pra namorar (ah, isso é bom) etc.
No que diz respeito ao padrão e custo de vida, desejamos encontrar menos injustiça social, menos pedintes pelas ruas, nenhum flanelinha no sinal, um transito menos caótico (Recife está um caos), acesso a uma boa educação, saúde, um ap ou casa legal e nem precisa ser grande, mas que tenha um jeito só nosso. 
Não queremos empregada doméstica (nunca tivemos uma), nem um super carro (hj temos um corsa), queremos ir ao cinema sem pirangagem pra comprar pipoca e economizar no ingresso (...)

Enfim, uma vida simples, mais tranquila, diferente.

P.S.: Não sou uma sonhadora alienada para as dificuldades que enfrentaremos, escrevi aqui o desejamos e ansiamos buscar no Canadá, afinal somos futuros imigrantes.

Fontes de pesquisa: Wikipédia, Instrutor de Yoga, blogs.

10 comentários:

ReciFroid disse...

Parabéns pelo post! Muito útil para todos aprenderem a diferenciar e a refletir sobre a qualidade de vida que pretendem ter lá! Imigrar não é tarefa fácil e se nossos objetivos estiverem todos alinhados vai facilitar bastante =))

Abs,
Camilla

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Acabou com toda e qualquer dúvida.

E a vida segue...

Darlene disse...

Oi Casal...
Adorei o post! Dizem que 90% das pessoas que entram no processo são gente boa pois temos os mesmos ideais! é uma pena que mesmo assim ainda exista os 10%! rs!Mas estes sempre existiram em tudo!
Boa semana!
Abraços

Aquiles e Estela Melo disse...

Me identifico totalmeeeeente!

Estela

Bia Maria disse...

Disse TudoO!
Estou contigo e não abro!!
Abraço Fraterno!
Bia.

liliana disse...

Oi Danielle,

Eu ainda acrescentaria mais coisas: para mim qualidade de vida é viver numa cidade sem medo de sair na rua, é poder trabalhar e ganhar um salário (mesmo que não seja muito alto) mas que lhe proporciona uma vida estável, é poder ir para o trabalho de bicicleta (não tem coisa melhor - quando o tempo permite, claro), é fazer parte de uma sociedade educada que não joga lixo no chão e não coloca o som do carro nas alturas para todo mundo ter que escutar a mesma música que ele, viver num lugar onde as pessoas se respeitam e são honestas (perder a carteira com dinheiro e devolverem sem roubar nada). Se eu continuar falando nunca vou terminar...

Bjs
Liliana

Diário Canadá Brasil disse...

Excelente acrescimo Lili.
E concordo com vc!!!
Abração.

SonhoComCanada disse...

gostei do post ! =)
e concordo com o que a Lili acrescentou.

abraços;
http://meetyoutherecanada.blogspot.com/

MARDEN BASTOS (Real Estate Sales Representative) disse...

Oi Danielle,

Muito pertinente o seu post. Com certeza vocês alcançarão isto aqui. Eu acrescentaria que no Canadá, pode haver inicialmente uma perda no padrão de vida, mas com certeza ganharão em qualidade de vida. Mas a medida que se ganha a experiência canadense, muda de emprego, o salário sobe, aprende os jeitos de usar melhor o seu dinheiro e fazê-lo render mais nesta terra, melhora-se o estilo de vida e o padrão de vida. Só é necessário paciência e persistência.

Diário Canadá Brasil disse...

Gente,
Que bom que vcs gostaram do post, porque pelomenos pra mim, foi muito esclarecedor. Tinha dúvida entre as diferenças, mas agora está bem claro.
Ah, adorei os comentários e o relato de todo mundo, acho que ajuda muita gente tbm.

Abração a todos e todas.

Postar um comentário

Alguns comentários serão respondidos por e-mail.


Linda Québec! E o Hotel Château Frontenac